Caminhada no Brique do Comitê Gaúcho de Memória, Verdade e Justiça

P1010013 (480x321)

O Comitê Carlos de Ré, da Verdade e da Justiça realizou neste domingo, dia 3 de junho, caminhada no Bric da Redenção, reunindo diversos movimentos, partidos, grupos e militantes do PT. A Caminhada contou com a presença de vereadores do Partido dos Trabalhadores, da Juventude petista e militantes que integram o Comitê Gaúcho de Memória, Verdade e Justiça.

Na concentração que preparava a caminhada de apoio ao trabalho da Comissão da Verdade, o compositor e cantor Raul Elwanger lembrou que a democratização não se completou: “a justiça com a geração reprimida pela ditadura militar é um dos desafios”, destacou o músico.

Durante a caminhada, foi recordado o episódio que envolveu o sargento Manoel Raimundo Soares, morto em 1966, depois de 152 dias de torturas. O corpo foi encontrado com as mãos amarradas às margens do rio Jacuí.

No dia 24 de junho, que também é um domingo, às 11 horas, haverá a identificação pública do antigo DOPS, que fica no atual Palácio da Polícia, que é um local onde comprovadamente houve violação gravíssima de direitos humanos durante a Ditadura Militar. O local fica na esquina das Avenidas Ipiranga e João Pessoa.

 Com blog vereadora Sofia Cavedon