Artigo de Lula: Eleições municipais e políticas públicas

Lula (480x321)

Eleições municipais e políticas públicas

Artigo de Luiz Inácio Lula da Silva – ex-presidente da República e presidente de Honra do PT

O PT tem princípios, projeto de poder e vontade política. Acada nova eleição, o que está me jogo para nos não é uma simples vitória partidária, mas continuidade e consolidação de um projeto político que consegue conciliar crescimento e distribuição de renda, incluir pessoas, alimentar famintos e inserir o Brasil de forma soberana no cenário internacional.

O Brasil que emergiu do projeto político do PT se configura para o mundo como uma alternativa à política neoliberal que foi dominante até a eclosão da crise financeira internacional, em 2008.

O princípio fundamental é não jogar para os mais pobres a contra do prejuízo causado por um capital financeiro que dominou o mundo, especulou com as economias dos países e ganhou muito dinheiro. Os pobres não lucraram com a especulação e não devem pagar por ela.

A construção de um pa[ois mais justo não é apenas o resultado de medidas tomadas pelo governo federal, mas de uma concepção de articulação de políticas públicas que tem como executor primeiro o município. A descentralização dos recursos da Educação, da Saúde, e dos programas de transferência de renda; a articulação das ações de infraestrutura entre os entes federativos, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC); a democratização do acesso de todos os municípios a obras de infraestrutura e aos programas sociais do governo; tudo é parte do projeto petista e de seus aliados.

A conquista de prefeituras é um passo importante para a consolidação de um modo de governar justo, inclusivo e transparente. Por isso é importante levamos par as ruas não simplesmente um pedido de voto. O eleitor deve entender que, com sua escolha , vai referendar um conjunto de políticas públicas que tem melhorado,e pode melhorar ainda mais, as condições de vida da população.

Nessas eleições, vamos discutir política, pois apolítica é a alma da democracia. Mas vamos também debater políticas publicas, que são instrumentos para transformar um projeto política em realidade.

Os governos petistas avançaram na universalização da saúde, mas um país continental como o Brasil tem de enfrentar sempre novos desafios. O momento eleitoral é ideal para analisar o passado e aprimorar o que fizemos. É a ocasião em que todas as forças da sociedade se mobilizam num grande e democrático debate nacional.

 

Texto Publicado na revista Linha Direta do PT de São Paulo