Novo Hamburgo confirma “bis” e elege Lauermann

Lauermann OK

Luís Lauermann contabilizou 70.521 votos (55,84%)
contra 55.781 votos do seu adversário Kopschina do PMDB (44,16%).

Foram praticamente nove meses ininterruptos de campanha eleitoral, com uma espécie de segundo turno concluída no início da noite deste domingo, 3 de março: a população de Novo Hamburgo não teve dúvidas e confirmou o resultado eleitoral do pleito de outubro, confiando deputado estadual Luís Lauermann é o novo prefeito da cidade.

Novo Hamburgo, localizada na região metropolitana de Porto Alegre, RS, teve eleições extraordinárias decretadas pela justiça eleitoral após o pleito de outubro. A interpretação da justiça é de que o então prefeito petista Tarcísio Zimmermann, reeleito com mais de 50% dos votos, não estava apto a concorrer ao pleito. Agendada a nova eleição para março, a justiça eleitoral local indeferiu o novo pedido de candidatura de Zimmermann, que foi substituído pelo seu vice na chapa, o deputado estadual Luís Lauermann.

 A substituição da candidatura não foi a única adversidade enfrentada pelos petistas, que também sofreram a baixa da vice-prefeita de Zimermann, que virou candidata a vice na chapa do adversário.  Num belo exemplo de como se dá a volta por cima, o PT de Novo Hamburgo e os partidos aliados apostaram na defesa do projeto em curso na cidade, com democracia participativa, inclusão social e desenvolvimento, em sintonia com os governos estadual e federal.

 Na campanha de 2012, a candidatura petista recebeu a confiança da população com o slogan “meu coração quer bis”, dialogando com os avanços conquistados pelo município em quatro anos de gestão democrática e popular. No pleito extraordinário, Zimmermann e Lauermann percorreram todos os bairros da cidade afirmando que “o trabalho vai continuar”. Durante dois meses de campanha diversas lideranças do PT e dos partidos aliados marcaram presença na cidade reforçando a campanha. Gravações de apoio do ex-presidente Lula e da presidenta Dilma foram reproduzidas em carro de som. O governador Tarso Genro também se somou a campanha, numa evidência da sintonia da candidatura petista com o governo estadual.

Concluída a apuração dos votos, Luís Lauermann contabilizou 70.521 votos(55,84%) contra 55.781 votos do seu adversário Kopschina do PMDB (44,16%). Com essa votação o PT supera seu próprio resultado obtido em outubro de 2012. Confirmada a nova vitória nas urnas, a coligação formada pelo PT junto com PRB / / PTB / PSL / PSC / PR / PRTB / PTC / PSB / PSD / PC do B / PT do B inicia – finalmente – a segunda administração democrática e popular em Novo Hamburgo. Em seu discurso como prefeito eleito, Lauermann homenageou o ex-prefeito Tarcísio Zimmermann. Emocionado, agradeceu a sua companheira Geórgia (vítima de diversos ataques machistas durante a campanha), à militância do PT e dos partidos aliados e ao povo de Novo Hamburgo pelo voto de confiança recebido.

 

Eliane Silveira
Jornalista e Secretária-Geral do PT/RS