UERGS não fechará

PT apoia fortalecimento da Universidade Estadual
Na reunião desta terça-feira (5), a bancada do Partido dos Trabalhadores na Assembleia Legislativa analisou a situação da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul. Como os demais militantes partido, seus deputados sentem-se responsáveis pela UERGS, criada pelo governo Olívio Dutra.
A pauta foi motivada por boato de que o governo do estado fecharia algumas unidades no interior

Isso é inverdade.
A Universidade é plenamente autônoma. O governo não tem qualquer poder de ingerência em seus assuntos, muito menos determinar o fechamento ou a abertura de unidades onde quer que seja. Essa é uma atribuição exclusiva da Reitoria e do Conselho Universitário.
Segundo, todas as ações do governo do Estado, respeitada a autonomia universitária, estão justamente direcionadas ao fortalecimento da UERGS. Os salários do professores foram nivelados com os das universidades federais; foi a eles assegurado o adicional de 50% para a dedicação exclusiva; está por ser aberto concurso público para a contratação de mais 57 professores; o governo está buscando uma nova sede adequada para a instalação do campus central da Universidade na capital, ainda que insuficiente, o orçamento da Universidade no governo Tarso Genro subiu dos R$ 24 milhões (2010) para R$ 26 milhões (2011), R$ 39 milhões (2012) e os R$ 41 milhões orçados para este ano.
Essas ações indicam, claramente, o comprometimento de nosso governo com manutenção e fortalecimento da Universidade do Estado, revertendo o esvaziamento e a destruição a que esteve condenada da Administração anterior.
A bancada do PT na Assembleia apoia integramente todas as ações do governo e da reitoria destinadas ao fortalecimento da UERGS como indutora e apoiadora do desenvolvimento regional do estado.
Ao contrário das mentiras que apontam fechamento, a Universidade do Estado dirige-se ao fortalecimento de centros regionais em apoio às suas unidades espalhadas pelo Rio Grande. Os deputados petistas e o governo do Estado estão empenhados no aumento do orçamento, do quadro de professores e dos recursos para ensino e pesquisa. Assim como foi criada em nosso primeiro governo, a UERGS conta com o apoio do governo Tarso, das bancadas petistas e de seus militantes.

Edegar Pretto

Líder da bancada do PT na Assembleia Legislativa do RGS