GREVE GERAL: Pauta unificada reúne mais de 3 mil no Largo Glênio Peres

Greve Geral 11 07 13 (3)

Várias marchas, que caminharam pela capital gaúcha, levando a pauta única das Centrais Sindicais, dos Sindicatos, dos movimentos sociais do campo e da cidade, que mobilizou a GREVE GERAL do dia 11 de julho, concentraram-se no Largo Glênio Peres para o grande ato público unificado na tarde da terça-feira.

Mais de 3 mil pessoas, empunhando cartazes reivindicavam a Reforma Agrária, a Reforma Política, o Fim do Fator Previdenciário, Redução da Jornada de Trabalho para 40h semanais, sem redução de salários; Contra o PL 4330, sobre Terceirização,10% do PIB para a Educação; 10% do Orçamento da União para a Saúde; Transporte público e de qualidade; Valorização das Aposentadorias; Suspensão dos Leilões de Petróleo, agitando o centro de Porto Alegre, cantaram juntas o hino das grandes mobilizações do país, “Pra não dizer que não falei das flores” de Geraldo Vandré.

Lideranças da UNE, MARCHA DE MULHERES, MST, VIA CAMPESINA, CTB, CUT, CGTB e CONLUTAS foram unânimes em chamar a Reforma Política e o fim do financiamento privado para a campanha; a aprovação de leis que garantam o fim dos transgênicos, a Reforma Agrária, a favor da contratação de médicos estrangeiros pelo governo federal, e tantas outras pautas.

Conforme Claudir Nespolo, Presidente da CUT/RS, “hoje (11/7) foi um dia muito importante para a classe trabalhadora brasileira porque demonstrou a capacidade de organização e reivindicação que os trabalhadores e trabalhadoras têm; a capacidade das centrais sindicais, que construíram uma pauta unificada e se manifestaram de maneira conjunta. Também demonstrou que as reivindicações da classe trabalhadora precisam ser atendidas pelo Congresso Nacional e pela Presidência da República, porque os trabalhadores se manifestaram claramente por entenderem que a nossa pauta, que está colocada no Parlamento, tem de ser destravada”, concluiu o líder trabalhador.

Bandeiras, cartazes e faixas dançaram ao som da canção “Pra não dizer que não falei das flores” de Geraldo Vandré, encerrando o ato político.

Fotos da Greve Geral/ Marcha e Ato