Missão à China: Governo e Foton assinam contrato de venda de terreno de Guaíba

TG na China

O governo do Estado, por meio do secretário de Desenvolvimento e Promoção do Investimento (SDPI), Mauro Knijnik, e o presidente da Foton Aumark do Brasil, Luiz Carlos Mendonça de Barros, assinaram nesta terça-feira (04), em Pequim (China), a transferência de uma área de cem hectares (1.000.000,00 m²), no distrito de Guaíba. A área servirá para a implantação de uma fábrica de caminhões da Foton no Rio Grande do Sul, no valor de R$ 250 milhões.

“A assinatura do contrato é mais um compromisso que o Estado está cumprindo para o importante projeto Foton”, destacou Knijnik. Mendonça de Barros elogiou o respeito aos prazos: “Esse é mais um passo para a implantação da fábrica, de maneira que estamos mantendo o cronograma estabelecido. Aguardamos a Licença de Instalação da Fepam, que deve acontecer em janeiro”, detalhou o empresário, adiantando que o vice-presidente da Foton, Wang Xiangyin, virá ao Rio Grande do Sul em fevereiro, a convite do governador Tarso Genro. A previsão é de que o executivo permaneça no estado por pelo menos duas semanas, onde visitará indústrias fornecedoras do setor automotivo gaúcho para a possível instalação de uma montadora de automóveis.

À distância, o prefeito de Guaíba, Henrique Tavares, também comemorou a assinatura do contrato, poucos dias após o anúncio de enquadramento da Foton ao Inovar-Auto. Segundo ele, a transferência da área, somada à duplicação da Estrada do Conde – a ser feita pela Metroplan, com recursos federais do PAC – e à conclusão das obras da Corsan, revelam uma sequência de ações importante para o município. “O diálogo com o governo estadual se aprofundou, há um trabalho mais focado. Com isso, as coisas andam mais rapidamente”, afirmou. Tavares adianta que o projeto com incentivos municipais deverá ser votado na próxima semana pela Câmara Municipal de Guaíba.

Cronograma de operações
Inicialmente, a unidade poderá importar até 8 mil caminhões/ano entre 2013 e 2015, conforme cota estabelecida pelo programa Inovar Auto. A unidade será construída até 2015 e irá produzir 21 mil caminhões/ano, entre 3,5 toneladas e 24 toneladas, que correspondem a uma fatia de 70% do mercado brasileiro de caminhões. Somente na linha de produção de caminhões de 3,5 toneladas, a Foton produz 200 mil unidades/ano, o que é mais do que toda a indústria brasileira de caminhões, hoje em torno de 180 mil caminhões ao ano.

Após 2018, a produção deve chegar a 50 mil unidades/ano, com 65% de nacionalização, atendendo às cláusulas do Inovar Auto, aprovado recentemente (publicado no Diário Oficial no dia 28 de novembro). A planta atenderá o mercado local e exportações para a América do Sul e África.

A instalação da Foton dará preferência aos fornecedores instalados no Rio Grande do Sul, em caso de igualdade de condições técnicas. Nas importações de componentes, a prioridade de entrada será pelo porto do Rio Grande.

Sobre a Foton
A Foton Aumark do Brasil Ltda. é a representante exclusiva no Brasil da Beiqi Foton Motor Co. Ltd (Foton). A Foton tem sede em Beijing (Pequim) e mais nove unidades fabricantes de peças e veículos na China. O grupo tem faturamento anual de US$ 65 bilhões, aproximadamente 40 mil funcionários, vendas anuais de 650 mil unidades e 11 marcas: Auman, AUV, Aumark, Midi, Vista, Saga, Ollin, SUP, Tunland, Forland e joint venture com a Cummins e Daimler.

 

Foto: Governador Tarso Genro durante encontro com CEO da empresa FOTON /
Caco Argemi/Palácio Piratini