PAC2: Municípios gaúchos recebem R$ 141 milhões para saneamento

pac2saneamento

Com informações do Blog do Planalto

Em cerimônia realizada no Palácio do Planalto, nesta terça-feira (6), a presidenta Dilma Rousseff anunciou investimento de R$ 2,8 bilhões de reais para contratação da terceira etapa das ações de saneamento do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) para municípios com até 50 mil habitantes. Foram selecionados, no processo seletivo da Fundação Nacional da Saúde (Funasa), 635 municípios de 26 estados. No Rio Grande do Sul, são 49 municípios totalizando investimentos de quase R$ 141 milhões.

“Investir em serviço, notadamente em saneamento, é algo fundamental para o país. Jamais podemos retomar o padrão de 15 anos atrás, que se investia em média R$ 1 bilhão por ano, só do governo federal.(…) Tenho orgulho dos R$ 37,8 bilhões. (…) Porque temos uma grande carência na área de esgotamento sanitário. Temos de procurar zerar o nosso déficit em esgotamento sanitário de modo que cumpra os dispositivos do Plano Nacional de Saneamento, e esses dispositivos mostram a necessidade que tenha uma taxa de investimento crescente”, afirmou.

O Plano Nacional de Saneamento Básico (Plansab) tem como principais metas alcançar 99% de cobertura no abastecimento de água potável, sendo 100% na área urbana; alcançar 92% no esgotamento sanitário, sendo 93% na área urbana; universalizar a coleta de lixo na área urbana e acabar com lixões ou vazadouros a céu aberto em todo o país.

“Falo para cada prefeito que pode contar com o governo federal, vamos continuar investindo nessas áreas que aparentemente não tinham atratividade política. A gente devia medir uma parte do crescimento e uma parte expressiva da riqueza de um país ou nação baseado na cobertura da água e esgoto. Isso é saúde para população!”, completou.

Confira os municípios contemplados no Rio Grande do Sul:

CIDADE – VALOR
ALPESTRE – R$ 3,49 milhões
ALTO ALEGRE – R$ 1,12 milhão
AMETISTA DO SUL – R$ 1,43 milhão
ARROIO DO MEIO R$ – 1,67 milhão
BRAGA – R$ 2,67 milhões
BROCHIER – R$ 3,12 milhões
BUTIÁ – R$ 2,15 milhões
CAMARGO – R$ 4,15 milhões
CANDIOTA – R$ 1,82 milhão
CAPITÃO – R$ 2,28 milhões
CARAÁ – R$ 1,20 milhão
CARLOS BARBOSA – R$ 1,18 milhão
CRUZALTENSE – R$ 2,28 milhões
DONA FRANCISCA – R$ 2,49 milhões
ENCRUZILHADA DO SUL – R$ 1,17 milhão
ERVAL GRANDE – R$ 5,13 milhões
FONTOURA XAVIER – R$ 1,93 milhão
GARIBALDI – R$ 1,66 milhão
GRAMADO XAVIER – R$ 1,06 milhão
HULHA NEGRA – R$ 1,80 milhão
ITACURUBI – R$ 3,94 milhões
LAJEADO DO BUGRE – R$ 1,26 milhão
MAMPITUBA – R$ 2,70 milhões
MATO LEITÃO – R$ 1,51 milhão
MOSTARDAS – R$ 3,04 milhões
NOVA PALMA – R$ 5,79 milhões
PAIM FILHO – R$ 4,95 milhões
PALMARES DO SUL – R$ 3,36 milhões
PALMITINHO – R$ 2,67 milhões
PARAÍSO DO SUL – R$ 6,89 milhões
PAULO BENTO – R$ 2,36 milhões
PONTÃO – R$ 3,55 milhões
PONTE PRETA – R$ 2,88 milhões
POUSO NOVO – R$ 1,28 milhão
PROTÁSIO ALVES – R$ 3,48 milhões
QUARAÍ -R$ 5,41 milhões
ROCA SALES – R$ 0,94 milhão
SÃO FRANCISCO DE ASSIS – R$ 4,59 milhões
SÃO JOÃO DA URTIGA – R$ 1,3 milhão
SÃO MARTINHO DA SERRA – R$ 5,07 milhões
SÃO SEPÉ – R$ 2,76 milhões
SÃO VALENTIM DO SUL – R$ 1,44 milhão
SÉRIO – R$ 1,05 milhão
SILVEIRA MARTINS –  R$ 3,03 milhões
TAQUARI – R$ 4,66 milhões
TRÊS ARROIOS – R$ 4,17 milhões
TRÊS PALMEIRAS – R$ 5,83 milhões
TRINDADE DO SUL – R$ 2,97 milhões
VALE VERDE – R$ 4,04 milhões