SAÚDE: RS tem 1389 novos leitos hospitalares

Do PTSul

Entre dezembro de 2010 e maio de 2014, o Rio Grande do Sul abriu 1.389 novos leitos hospitalares, sendo 943 das novas vagas pelo SUS. Nesse período, as instituições contaram com recursos inéditos do governo do Estado, que somam mais de R$ 1,7 bilhão. Os dados foram apresentados pela secretária estadual da Saúde, Sandra Fagundes, em almoço comemorativo ao Dia do Hospital, no Galpão Crioulo do Palácio Piratini, nesta quarta-feira (02), que reuniu deputados e gestores de Santas Casas e hospitais gaúchos.

A ampliação do orçamento da Saúde, segundo a secretária, possibilitou ao Estado assumir a sua atribuição de cofinanciador do SUS e o novo momento no relacionamento com os hospitais é reflexo disto. Sandra ressaltou que a ampliação de recursos de investimento e custeio dos estabelecimentos auxiliou no enfrentamento da crise financeira do setor, evitou o fechamento de hospitais e ampliou a oferta. A articulação da assistência hospitalar à rede, com serviços integrados com a Estratégia de Saúde da Família, UPAs e SAMU, e a organização dos fluxos entre municípios e regiões foram citados pela secretária como desafios para a qualificação da gestão.

Mais investimento e mais leitos

Entre convênios e incentivos de cofinanciamento, a SES ampliou significativamente os pagamentos aos hospitais: foram R$ 241,4 milhões em 2011, R$ 391,6 milhões em 2012 e R$ 641,8 milhões em 2013, um crescimento de 165,8%. Somados aos R$ 483,8 milhões pagos até junho de 2014, os recursos superam R$ 1,7 bilhão.

Os leitos existentes no RS cadastrados junto ao Ministério da Saúde, que somavam 33.101 (sendo 22.840 SUS) em dezembro de 2010, passaram a 34.490 (23.783 SUS) em maio de 2014, um incremento de 1.389 leitos hospitalares, sendo 943 das novas vagas pelo SUS.

RS é o estado com maior número de leitos em relação à população

Com a ampliação das vagas no RS, o número de leitos de internação, que não contabiliza os leitos complementares (de UTI, isolamento e cuidados intermediários), chegou a 31.451 (21.915 pelo SUS). Isso significa que o estado dispõe de 2,817 leitos de internação a cada mil habitantes, em atendimento ao preconizado pelo Ministério da Saúde. Esta marca coloca o RS como o estado brasileiro com o maior número de leitos em relação à população – seguido do Rio de Janeiro (com 2,719 leitos a cada mil habitantes), Goiás (2,691) e Paraná (2,559).