Eleições: Unidade Popular organiza fiscalização

Mari fiscalização

A Unidade Popular Pelo Rio Grande se prepara para o dia da eleição com a organização de mais de nove mil fiscais para o processo de votação em todo Estado. “Serão 1.600 fiscais só Porto Alegre”, anuncia a Coordenação de Campanha. “Seremos um exército de militantes, ajudando a consolidar, cada vez mais, a democracia neste dia tão importante para o Brasil”, completa Mari Parusso (PPL) da coordenação que organiza a fiscalização em todo Estado. O Comitê da Campanha Tarso Governador também monta a estrutura de acompanhamento de todo processo eleitoral, através do T.R.E., “desde a zerésima do Sistema de Gerenciamento das urnas ao Boletim de Urna final”, garantem a líder partidária.

Abaixo instruções para a fiscalização do dia da votação.

ATENÇÃO FONES PARA DENÚNCIA E INFORMAÇÕES: (51) 3378 3050/ 3284 8900

ORIENTAÇÕES PARA FISCALIZAÇÃO DO DIA 26/10

1. Chegada ao local de votação às 07:20 com o crachá de fiscalização apresentando-se aos Presidentes de mesa e conferindo os seguintes itens:

a) As urnas devem estar lacradas antes do início da votação. É importante fiscalizar a embalagem e cada lacre antes da emissão da zerézima da urna e do início da votação.

b) No momento do início dos trabalhos, é fundamental a presença de nossos fiscais e ou delegados nas Seções Eleitorais para que fiscalizem a emissão da zerésima. Não é possível emitir a zerézima fora da seção eleitoral ou sem a presença de fiscais. Nesta hora deve-se fotografar a zerésima (urna zerada na abertura).

c) O fiscal deve observar se a urna pertence realmente àquele município, zona e seção, e também verificar se os candidatos TARSO e DILMA constam da relação de candidaturas; caso algum não esteja na lista, é importante contatar imediatamente o plantão jurídico da campanha. FONE: 33783050/ 3284 8900

2.Qualquer irregularidade (ex. carro estacionado com bunner próximo ao local de votação, distribuição de material de candidatos) constatada deve ser imediatamente comunicada a assessoria jurídica para a tomada de providências. FONE: 33783050/3284 8900

3. É fundamental para o processo de fiscalização que nossos fiscais estejam presentes no momento do encerramento da votação, quando da emissão dos Boletins de Urna que deverão ser conferidos e assinados pelos presentes.

O Presidente da Mesa é obrigado a entregar cópia dos BUs (boletins de  urna) aos partidos políticos e coligações.

É crime eleitoral o Presidente da Mesa Receptora se negar a entregar o boletim de urna a fiscal de partido ou coligação partidária.

A urna pode, e deve, imprimir tantas quantas vias sejam necessárias e fornecer uma para cada coligação ou partido após solicitação.

Por fim trazer a foto da zerésima e o boletim de urna para o comitê, Av. Venâncio Ayres, 988.

Contatos da Assessoria Jurídica: 33783050/ 32848900