Em Respeito à Democracia – Nota da Executiva Estadual do PT/RS

O Brasil viveu este ano e mostrou ao mundo um de seus maiores valores, a democracia. O povo brasileiro debateu nos últimos meses o projeto, os programas, as prioridades para o futuro do nosso país.

A democracia é um valor fundamental da sociedade e do mundo em que vivemos, mas nem sempre foi assim. Ao longo de nossa história muitos foram os períodos em que ter uma opinião diferente de quem dirigia nosso país era motivo de prisão, tortura e morte. Há 50 anos se estabeleceu um destes períodos, um golpe militar implantou uma ditadura em nosso país que durou quase 30 anos. O congresso foi fechado, dezenas de milhares de brasileiros foram presos, torturados e outros tantos mortos e desaparecidos para sempre. Um período em que não havia liberdade, onde a imprensa livre foi censura e jornalistas perseguidos e onde diversos veículos de comunicação foram fechados.

Passadas as eleições surge, para nosso espanto, movimentos coordenados por aqueles que foram derrotados nas urnas questionando a legitimidade e lisura das eleições. Estes que não reconhecem o resultado das urnas são os mesmos que durante a campanha, articulados com setores da mídia lançaram um conjunto de inverdades e acusações sem qualquer prova, são os que disseminaram boatos e mentiras nas redes sociais manchando o espírito democrático de nosso país.

No Congresso Nacional também não foi diferente, na primeira sessão após o pleito deram um golpe na democracia deslegitimando os conselhos de participação existentes, impedindo desta forma que os beneficiários das políticas públicas opinem e fiscalizem as ações do governo e do Estado brasileiro. Agora querem aprovar o orçamento impositivo, transferindo para o legislativo a destinação orçamentária, deslegitimando mais uma vez a decisão das urnas.
Deputados eleitos e não eleitos do PSDB junto com outros setores da oposição iniciam um processo de terceiro turno com conotações golpistas, não reconhecendo a decisão soberana do povo brasileiro.

A Executiva estadual do Partido dos Trabalhadores irá dialogar com os partidos políticos, os movimentos sociais e populares, as instituições democráticas de nossa sociedade que se manifestem em defesa da democracia brasileira e da legitimidade das eleições. O povo brasileiro não se calará e nem ficará passivo diante deste movimento antidemocrático.

Em defesa da Democracia iremos às ruas.

Executiva Estadual do PT/RS
Porto Alegre, 3 de novembro de 2014