Executiva Nacional chama militância às ruas em defesa da democracia

Setoriais Bandeiras

Conheça a nova resolução da Executiva Nacional do PT

No documento, o partido conclama a militância a ir às ruas em defesa da presidenta Dilma Rousseff e em defesa da democracia

O Partido dos Trabalhadores divulgou, após reunião nesta sexta-feira (4), em São Paulo, a nova resolução da Comissão Executiva Nacional da legenda.

No documento, o PT classifica como “sórdida vingança” a iniciativa do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), de abrir o processo de impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff.

“O pedido de impeachment, cujos autores se comprazem com o oportunismo do presidente da Câmara, não passa de sórdida vingança. Como se sabe, o indigitado mandatário, acuado por denúncias de corrupção e às voltas com dois processos à espera de manifestação do STF, respondeu com truculência e ilegalidade à rejeição de manobras espúrias para proteger o cargo e o mandato”, diz o texto.

Além disso, na resolução, o PT conclama a militância a contestar, nas ruas, a tentativa de golpe contra a presidenta e contra a democracia.

“A tentativa de destituí-la, portanto, não passa de ameaça golpista, um verdadeiro tapetão, que deve ser contestada nas ruas e nas instituições nacionais, como já atestam manifestações de governadores de diferentes partidos, movimentos sociais e entidades da sociedade civil”, afirma a resolução.

“O Partido dos Trabalhadores se coloca em estado permanente de mobilização e convoca sua aguerrida militância a ocupar o lugar que lhe cabe, com firmeza e generosidade, nas trincheiras da democracia”, finaliza o texto.

Leia o documento CEN – Resolução Executiva Nacional 04 12, na íntegra.

Da Redação da Agência PT de Notícias