Movimentos sociais fazem ato em defesa de Lula dia 17 em SP

Marcha 04 12 (37)

A Frente Brasil Popular, iniciativa que reúne mais de 60 entidades, realizará, na próxima quarta-feira (17), em São Paulo, um ato em defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A manifestação acontecerá a partir das 10 horas, no Fórum Criminal da Barra Funda, na capital paulista. O local fica na Avenida Doutor Abrahão Ribeiro, 313, no centro. O ex-presidente Lula e a esposa, Marisa Letícia Lula da Silva, irão prestar depoimento ao Ministério Público de São Paulo no mesmo dia.
A convocação foi feita pela Frente Brasil Popular por meio de nota, na última semana. No texto, os movimentos dizem ser “solidários a Lula”.
As entidades convidam ainda toda a população que estiver interessada a também comparecer ao ato.

Leia, abaixo, a nota na íntegra:

“Somos solidários a Lula!
Com o mote “Lula eu defendo, Lula eu respeito!”, a Frente Brasil Popular em São Paulo, que congrega diferentes movimentos social e sindical e os partidos políticos PT, PCdoB e PDT, repudia a forma seletiva como vêm sendo conduzidas as investigações da Operação da Lavo Jato.
Da mesma maneira, repudia a forma criminosa e manipuladora com que a mídia tradicional cobre e transmite as versões dos fatos, tendo como principal interesse atingir a imagem e a honra do ex-presidente Lula, figura emblemática na história política do Brasil.
O ex-presidente representa a história de luta dos movimentos social e sindical e dos partidos políticos de esquerda. Todos nos sentimos atingidos com os constantes ataques feitos a Lula.

A Frente Brasil Popular em São Paulo não aceitará a postura golpista e antidemocrática que tanto setores do poder Judiciário como a grande mídia tentam impor ao povo brasileiro.
Por isso, convocamos a todos e todas para um Ato em Defesa do ex-presidente Lula, no dia 17 de fevereiro de 2016, a partir das 10 horas, no Fórum Criminal da Barra Funda, na Avenida Doutor Abrahão Ribeiro, 313, no centro da capital paulista.
Frente Brasil Popular – SP”

foto Tina Griebeler// arquivo ptrs