O DIA 17.03.16 por Olívio Dutra

Olivio o dia17

Com essa atitude, nas bordas da vilania política, de mandar grampear e, depois, divulgar as conversas, insidiosamente gravadas pela PF, entre a Presidente Dilma e o ex-Presidente Lula, o juiz Sérgio Moro assumiu explicitamente sua personalidade de tiranete que escondia sob a toga austera de Templário do Bem contra o Mal. Tornou-se uma síntese caricata do estado de direito fascista, estalinista e nazista que serve como uma luva nas manoplas de uma camada da elite econômica, financista e midiática do país que prega o golpe, até agora de forma disfarçada mas, logo ali, o fará de maneira escancarada. Nossa Democracia, ainda nos cueros, corre sério risco. Precisa ser garantida, defendida e aperfeiçoada com o povo se opondo a essas manobras e tomando as ruas de forma pacífica e determinada. Isso até que o contencioso político adquira padrões de relacionamento civilizado e, nas eleições de 2018, o povo renove os Legislativos e Executivos Federal e estaduais, pelo voto livre e soberano depositado nas urnas.

Com a cidadania despertada não se interrompe a luta por uma CONSTITUINTE livre, exclusiva e soberana e pelas reformas Política, Tributária, Agrária e Urbana ao lado de medidas que retomem o desenvolvimento desconcentrado do Brasil , sem tréguas e sem seletividades no combate corrupção.

A luta não é pequena mas é por isso que vale à pena!

BOA LUTA!

Olívio O. Dutra