PT gaúcho prepara ação em todo Estado em defesa da DEMOCRACIA

PT e Brasil 1

A direção do PT/RS referendou Resolução Política aprovada pelo Diretório Estadual

O texto convoca para o ato do dia 31 de março, “que será muito maior do que o realizado no dia 18 de março”, desafia o presidente Ary Vanazzi, “pois só as ruas podem inverter o quadro político do País”.
O Partido dos Trabalhadores do Rio Grande do Sul vai organizar atos em 17 polos regionais para mobilizar gaúchos e gaúchas para o grande ato do dia 31 de março chamado nacionalmente.

 O PT também está convocando, junto com a Frente Brasil Popular, toda sua militância, dirigentes, partidos políticos do campo popular e todos aqueles que defendem a DEMOCRACIA para irem às ruas se manifestar. É imperioso que os brasileiros e brasileiras não permitam que atos que afrontam a Constituição e invalidem o voto de mais de 54 milhões de cidadãoss acabem com a DEMOCRACIA. Para isso, o partido se colocou a tarefa de organizar em todos municípios do RS comitês populares contra o Golpe e em DEFESA da DEMOCRACIA E PELA LEGALIDADE. “A tarefa é urgente, o golpe avança e não podemos esperar”, alerta o presidente do PT gaúcho.

O líder petista acredita que o debate sobre impeachment da Presidenta, instalado na Câmara dos Deputados, também vai provocar o povo para ir às ruas, indignados com o que se vê em parte deste Congresso, comando por Eduardo Cunha, réu na Lava Jato, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. “É uma vergonha que um terço dos deputados que vão analisar o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff respondam a processos de corrupção e crimes no STF (Supremo Tribunal Federal)”, repudia Vanazzi, “enquanto nada pesa contra a Presidenta Dilma”. Dos 65 membros da Comissão Especial* instalada na quinta-feira (17), 21 respondem a inquéritos (quando são investigados) ou ações penais (quando são réus) na suprema corte.

O PT/RS conclama, em sua Resolução, o governo federal a uma imediata reação contra o golpe, denunciando e descrevendo as ações ilegais e inconstitucionais adotadas por parte do Judiciário e pela Rede Globo.

CONFIRA RESOLUÇÃO NA ÍNTEGRA

RESOLUÇÃO POLÍTICA PELA DEMOCRACIA

 

Leia matéria na íntegra:
Impeachment: um terço dos deputados que definirão futuro de Dilma é investigado por crimes no STF

(*) http://noticias.r7.com/brasil/impeachment-um-terco-dos-deputados-que-definirao-futuro-de-dilma-e-investigado-por-crimes-no-stf-18032016