URGENTE: Nota do PT/RS sobre o descabido pedido de prisão do ex-presidente Lula

PT e Brasil 1

O Ministério Público do Estado de São Paulo solicitou a prisão preventiva do ex-presidente Lula.

O golpe de Estado em curso no Brasil dá mais um perigoso passo contra a constituição e a ordem democrática. A história golpista da classe dominante de nosso país, associada a setores do Ministério Público e do Judiciário, e da grande mídia, novamente ameaça a democracia e os direitos conquistados da classe trabalhadora.

O PT acertou em ir para as ruas contra o sequestro ilegal do presidente Lula por agentes de estado na última sexta-feira. A reação imediata dos trabalhadores e democratas deste país impediu que esta ação culminasse na condução para Curitiba, tudo isso com o intuito de inflar as manifestações previstas pela direita para o dia 13, tentando assim constituir um falso “apoio popular” para justificar o golpe.

A Operação Lava Jato deixa cada vez mais evidente, em razão da seletividade das investigações, que sua real intenção não é combater a corrupção no país e sim depor o governo e, principalmente, destruir o PT, Lula, seu legado e com isso a nossa história.

Somente nossa mobilização política e social poderá contrapor-se aos golpistas e seus poderosos interesses.

É hora de dobrar a aposta na mobilização ao ato “Em defesa da democracia e contra o Golpe”, em Porto Alegre, domingo, 13 de março a partir das 14h na Redenção. Cada militante e dirigente de nosso partido tem a obrigação política, em nome dos que deram a vida pela democracia em nosso país, de mobilizar e comparecer neste grande ato contra os golpistas.

Todos os nossos dirigentes devem estar em permanente vigília e mobilização a partir deste momento, com concentrações diurnas e plantões permanentes em nossas sedes municipais e demais organizações da Frente Brasil Popular.

Ary Vanazzi
Presidente do Partido dos Trabalhadores do Rio Grande do Sul