PT/RS convoca paralisação do dia 11 de novembro

PT e Brasil 1

Trabalhadores gaúchos param no dia nacional de greve contra a retirada de direitos

O PT gaúcho, suas lideranças, filiados e militantes se somam a paralisação do dia 11 de novembro CONTRA A RETIRADA DE DIREITOS DOS TRABALHADORES

O dia nacional de greve e paralisações, chamando pela CUT, CTB, Frente Brasil Popular, Povo Sem Medo e movimentos sociais, é uma manifestação nacional contra a retirada de direitos da classe trabalhadora e contra governo ilegítimo de Michel Temer.

A mobilização está sendo convocada através de panfletos das centrais, bem como através de carro de som, jornais, sites e facebook das entidades sindicais, das frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo e dos movimentos sociais. – baixe aqui http://cut.org.br/busca/?t=11%20de%20novembro

A mobilização é para aumentar a pressão contra a reforma da Previdência, o desmonte da CLT, a terceirização sem limites, a PEC 55 que congela os gastos em saúde e educação por 20 anos (aprovada como PEC 241 na Câmara) e as privatizações. Os protestos visam também defender o pré-sal e a Petrobras e combater a MP 746, que reforma o Ensino Médio, e o PL 190/15, que prevê a escola com mordaça.

Atividades:
- Sindicatos e entidades de trabalhadores fazem mobilização durante todo o dia.
- 15horas: Audiência Pública promovida pela Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia da Assembleia Legislativa no Teatro Dante Barone, para debater os impactos da PEC 55 e da MP 746.
- às 18horas: Ato na Esquina Democrática, seguido de uma caminhada pelas ruas do centro da capital gaúcha.

Mobilização no interior gaúcho
Haverá também mobilizações em Bento Gonçalves, Caxias do Sul, Cruz Alta, Ijuí, Novo Hamburgo, Pelotas, Rio Grande, Passo Fundo, São Leopoldo, Venâncio Aires e Santa Rosa, dentre outras cidades do interior gaúcho.

Fonte: CUT-RS