Executiva do PT/RS e bancada federal reafirmam posição contra voto em golpista

Foto: PtSul

 

Foto: PtSul

Em entrevista coletiva nesta segunda, 30, pela manhã, a Executiva do PT/RS e a Bancada Federal reafirmaram posição contrária a apoiar qualquer candidatura à presidência da Câmara, fora do campo de esquerda. “Não apoiaremos candidatos golpistas pois não daremos sinal trocado para a sociedade brasileira, neste momento histórico que o país vive”, anunciou o presidente do PT/RS, Ary Vanazzi. Participaram da coletiva a deputada Maria do Rosário e os deputados Elvino Bohn Gass, Dionilso Marcon e Pepe Vargas. Os deputados Paulo Pimenta, Marco Maia e Henrique Fontana estão em Brasília acompanhando reuniões partidárias.

As candidaturas que já se apresentaram são a de Rodrigo Maia (DEM/RJ), Jovair Arantes (PTB/GO) e André Figueiredo (PDT/CE). O PSol também está discutindo a apresentação de um nome da sua bancada. De acordo com os parlamentares petistas, se a eleição fosse hoje, o voto da bancada gaúcha seria unânime em André Figueiredo. No entanto, o esforço prioritário é o diálogo com todos os partidos de esquerda na Câmara para construção de uma candidatura de consenso. “Podemos apoiar um candidato do PDT, do PSol ou do PCdoB, o mais importante não é o nome e sim a unidade do campo que resiste aos ataques contra a classe trabalhadora na Câmara Federal”, resumiram os deputados.