PT realiza eleições municipais extraordinárias neste domingo

21192246_1668777313146640_7485119604984388371_n

O PT Nacional realiza, neste domingo (3 de dezembro), o PEDEX (Processo Extraordinário de Eleições Diretas) em 543 municípios, 86 deles do Rio Grande do Sul. Os filiados ao PT estarão realizando eleições diretas para compor seus diretórios, fundamentais para ampliar e organizar o Partido. O Rio Grande do Sul e a Bahia são os estados com maior número de municípios que irão realizar eleições extraordinárias, com 86 e 94 municípios, respectivamente.

O PT é o único partido a realizar eleições diretas, garantindo a organicidade e a democracia internas. Após a realização do 6o Congresso Nacional, O PT constituiu diretórios em 2.622 municípios. Com o PEDEX, a presença formal do partido alcançará 57% do território brasileiro, um número expressivo em um momento em que a ditadura midiática e judiciária atacam diuturnamente a legenda e suas lideranças.

Através do PEDEX, os municípios que não conseguiram constituir um diretório municipal durante o 6º Congresso Nacional têm a oportunidade de eleger sua direção. Além de aumentar a presença do Partido dos Trabalhadores nos pequenos municípios brasileiros, o PEDEX também ajuda a diminuir o número de comissões provisórias, que são nomeadas pelas direções estaduais, explicou Gleide Andrade.

A Secretária Nacional de Organização e a Secretaria de Organização do PTRS convocam os filiados a participarem do PEDEX. “É essencial que o PT nos municípios esteja organizado com base nas eleições diretas, ou seja, nos votos dos filiados. Dessa forma, temos garantidas a paridade, com forte participação das mulheres, dos jovens e dos negros. Quero convocar todos os filiados e filiadas a participarem desse processo e comparecerem aos locais de votação no dia 3 de dezembro”.

PT mais forte
O fortalecimento do partido vem acompanhado do aumento do numero de diretórios organizados do PT nos municípios, uma consequência do PEDEX, como no Amapá que, após o processo, possuirá diretório em 100% dos municípios. Após o 6º Congresso Nacional, o PT elegeu diretórios em 97 municípios do Pará. Agora, com esse novo processo, esse número chegará em 120 municípios, 83.3% do estado. Após as eleições, o PT estará organizado em 96,8% do Amazonas, somando 60 cidades.