Associação Brasileira de Municípios defende continuidade do Fundeb

A diretoria da Associação Brasileira dos Municípios  (ABM), presidida pelo prefeito de São Leopoldo, Ary Vanazzi (PT) esteve reunida nesta terça-feira, 22. Vanazzi aproveitou a presença de prefeitos de vários estados, que participam da Marcha dos Municípios a Brasília, para pautar a questão do Fundeb (Fundo para a Educação Básica) que está  sob risco de extinção pelo governo federal. A assessora da senadora Fátima Bezerra, Marcia Abreu, esteve presente à reunião e deu relatos de como o assunto está sendo tratado no Congresso Nacional, com projetos na Câmara e no Senado .

A principal preocupação dos prefeitos, segundo Vanazzi, além do fim do Fundo, previsto para 2020, é, também, as modificações que estão sendo propostas, principalmente em relação à educação de crianças de zero a 3 anos. Ficou decidido que a entidade vai elaborar um documento com as principais propostas e preocupações dos Municípios com o Fundeb, com a defesa de que ele seja perene e que a União se comprometa em rever e aumentar a participação do governo federal no fundo, com os repasses devidos às prefeituras. Este documento será enviado, em nome da ABM e seus associados, a todos os candidatos a governador e aos presidenciáveis.

Em novembro deve ocorrer um seminário para ampliar a  discussão do tema. O objetivo é chamar todas as entidades municipalistas de nível nacional. “Queremos envolver o máximo de entidades e movimentos que defendem a manutenção do Fundeb e queiram discutir o futuro da educação pública”, diz Vanazzi. O prefeito  leopoldense e presidente da ABM está em Brasília participando também da Marcha dos Prefeitos e deve retornar a São Leopoldo nesta quarta-feira à noite.

 

(Colaboração da Assessoria de Comunicação Social)