O PT saúda as eleições venezuelanas e se coloca na defesa da soberania dos povos latino-americanos

O PT do Rio Grande do Sul saúda a resistência do povo venezuelano e as eleições ocorridas neste domingo, bem como denuncia a pressão criminosa das forças retrógradas internacionais, do governo dos Estados Unidos e da direita antidemocrática da própria Venezuela, as quais querem destruir a autonomia e a soberania venezuelana.
Essas forças são responsáveis por uma sórdida e criminosa sabotagem da economia da Venezuela, cujo objetivo é impedir que o próprio povo venezuelano seja soberano de seu destino e de suas riquezas. Buscam criar um contexto e uma situação que permitam justificar uma invasão militar.
As eleições deste domingo último, nas quais o presidente Maduro saiu vitorioso, são a expressão de uma corajosa e tenaz disposição da maioria do povo venezuelano em resistir as ameaças de invasão e às medidas de retaliação econômica que o Governo Trump impõe à Venezuela.
O PT gaúcho considera inaceitável e desonroso para a história brasileira, a postura do golpista Temer em subordinar-se, de forma tão servil, a esse processo de sabotagem da economia venezuelana. O fato deste governo não reconhecer a legitimidade das eleições na Venezuela é um ataque à autonomia e soberania da América do Sul, eixo central do crescimento que o Brasil conheceu durante os governos de Lula e Dilma, além de ser uma quebra da tradição das relações internacionais do País. Não aceitaremos que o Brasil participe de qualquer aventura imperialista que signifique uma intervenção e um ataque à soberania de país algum no mundo, em especial da América Latina.
O comparecimento de metade dos eleitores, em um sistema de voto optativo, , demonstra que o povo venezuelano e a esquerda daquele país não temem as ameaças e boicotes em curso. Em um quadro de verdadeira guerra e terror promovido pelas empresas de comunicação e pelo governo dos EUA, os 47% de comparecimento dos venezuelanos, se comparados aos 51% dos EUA, 45% da França e da Colômbia das últimas eleições, é uma expressão da resistência.
Nesse contexto tão dramático, o simples fato das eleições acontecerem já é, em si, uma vitória.
O PT luta e continuará lutando contra o golpismo no Brasil e em qualquer parte do mundo.
Viva a soberania dos povos latino americanos!
Lula Livre!