Gleisi reforça a necessidade de mobilização pela liberdade de Lula

reuniaodn-02_stuckert

Ato  nacional está marcado para ocorrer no próximo dia 13

“Os novos ataques do Judiciário contra os direitos de Lula são um aprofundamento do golpe”. A declaração é da presidenta Nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, durante entrevista concedida nesta segunda-feira (9), em São Paulo, um dia após decisão legítima concedida para libertar o ex-presidente ser ignorada de maneira ilegal pelo juiz Sergio Moro, servidores da Polícia Federal e pelos desembargadores João Gebran Neto e Thompson Flores.

Para Gleisi, a aparente vitória dos golpistas nesta nova batalha jurídica terá efeito contrário e servirá de estopim para uma nova onda de mobilizações populares em defesa de Lula e da da democracia.  “Vamos reforçar o abaixo-assinado de Lula Livre, reforçar as mobilizações por todas as cidades, vamos ler a Carta de Lula que denuncia a falta de isenção de parte do Judiciário em todas as assembleias legislativas e câmaras municipais do país, vamos fazer representação no CNJ preparada pelos movimentos sociais, juristas e parlamentares farão a representação contra Moro e os desembargadores do TRF- Também entraremos com representação na corregedoria da Polícia Federal por não cumprir determinação da Justiça”.

O PT aprovou um calendário de mobilização para os próximos dias, que começa na sexta-feira, 13, com atos em todo país por #LulaLivre.

13/07 – Dia Nacional de Luta por #LulaLivre

Ato principal a ser realizado em Porto Alegre, em frente ao TRF 4. Atos devem ser realizados por todo o país.

 18/07 – Protestos pelos 100 dias da Prisão de Lula.

Ato principal a ser realizado em Curitiba. Atos devem ser realizados em todo o país, fazendo referência aos 100 anos de Nelson Mandela.

20/07 – Reunião da CEN, em SP

 28/07 – FestiLula Livre, no Rio de Janeiro

 03/08 – Reunião do DN, em SP

04/08 – Encontro Nacional do PT, em SP

 10/08 – Dia Nacional de Paralisação.

 15/08 – Grande ato em Brasília para registro de candidatura de Lula a presidência!

 

Texto com informações da matéria de  Henrique Nunes da Agência PT de Notícias

Foto: Ricardo Stuckert